O – o círculo contínuo

“O” é um círculo contínuo. Vários “O”s sobrepostos intersectam entre si essa continuidade. O hotelier dá-lhe vida, sem perder o fôlego. Numa época tão característica onde o consumo é instantâneo, assim como a cultura e sentido lúdico da vida, pois que também esses sofrem do espasmo da rapidinha, vou macerar de picante essa ferida aberta. É uma solução possível, quando não sabemos muito bem que remédio lhe untar. Por vezes é melhor incendiar, para limpar.

O hotelier recai sobre essa temática, da continuação intersectada, sobre o efeito arrebatador do fogo picante na boca.

Um pensamento-crítica sobre as profissões na vida de cada um e como estas podem e devem assumir uma forma lúdica e cultural na nossa vivência.

iconomia

tacho às terças – Joana Mieiro e Paula Lopes

04.06.20
chanfana de peru com amigos!
festejamos o aniversário da Joana Mieiro, que neste dia especial escolheu cozinhar no Hotelier.
eu ajudei, com muito prazer e fiz-lhe um crumble para a nossa sobremesa! 
neste tacho está também a Rita Diamonds que nos trouxe um cabaz de frescos coloridos, e a Frutaria Radical como sempre!
o Ganhão, acompanhou-nos visualmente em registo fotográfico!

turf chanfana with friends!
we celebrated the birthday of Joana Mieiro, who on this special day chose to cook at the Hotelier.
I helped, with great pleasure and made him a crumble for our dessert!
in this pot is also Rita Diamonds who brought us a basket of colorful frescoes, and Frutaria Radical as always! Ganhão, accompanied us visually in photographic record!

tacho às terças – Paula Lopes

26.05.20
tudo muda, e agora cozinho às terças!
o Gilberto e a sua ajudante actual, Inês Pardo, ficaram com a segunda e o Ivo (Sócio) continua às quartas.
as quintas serão bonitas e para gente bonita!
a Rita Diamonds fez-me uma visita enquanto cozinhava, com o seu já habitual cabaz de legumes frescos. neste tacho também esteve a Carla Filipe, a Fernanda da Frutaria Radical, Gianfranco Fenizia com as suas pastas Bio e as Favas da Ana Belchior Úria da última quarta do Ivo.
um bem haja a todos!

everything changes, and now I cook on Tuesdays!
Gilberto and his current assistant, Inês Pardo, stayed with the second and Ivo (Partner) continues on Wednesdays.
Wednesday’s will be beautiful and for beautiful people!
Rita Diamonds paid me a visit while cooking, with her usual basket of fresh vegetables. in this pot were also Carla Filipe, Fernanda from Frutaria Radical, Gianfranco Fenizia with their Bio pasta and Ana Belchior Úria’s Favas from Ivo’s last Wednesday.
A thank you to all!

tacho às quintas – Paula Lopes

21.05.20
rancho de costelinhas, favas e…
todos os outros que tinham muita urgência em ir para o tacho.
tacho este cheia de pessoas e de partilha!
geralmente cozinho sozinha, mas desta vez foi também um prazer compartilhar este momento com a Joana Mieiro. neste tacho as favas eram dela. também me chegou pela mão do Helder Sousa, por via da Guendalina, muitos kilos de pasta biológica cedida por Gianfranco Fenizia. aqui também está a Rita Diamonds, com mais um cabaz de legumes, a Fernandinha da Frutaria Radical com muita coisa que disponibiliza todas as semanas e ainda algumas coisas que o Sócio deixou do seu tacho de quarta.
AMAP https://amap.movingcause.org/ que através do Ivo, também eles vão disponibilizar um cabaz de legumes biológicos, todas as semanas até agosto.
um muito obrigada a todos os que tornam cada vez mais especiais estes tachos!

ranch of ribs, broad beans and …
everyone who had a lot of urgency to go to the pot.
this pot full of people and sharing!
I usually cook alone, but this time it was also a pleasure to share this moment with Joana Mieiro. in this pot the beans were hers. it also came to me through Helder Sousa, via Guendalina, many kilos of biological paste given by Gianfranco Fenizia. here is also Rita Diamonds, with another basket of vegetables, Fernandinha da Frutaria Radical with a lot that she makes available every week and even some things that the Partner left from his Wednesday pot.
AMAP https://amap.movingcause.org/ that through Ivo, they will also make available a basket of organic vegetables, every week until August.
a big thanks to everyone who makes these pots more and more special!

tacho às quartas – Ivo Teixeira (Sócio)

20.05.20
tacho da época, colorido e nutritivo, foi esta a estreia entusiástica do Ivo.
a ele juntou-se a vontade de partilhar de mais pessoas e que aqui agradecemos:
à Fátima São Simão, aos produtores e consumidores da AMAP Porto, que se juntaram para oferecer um cabaz maravilhoso. https://amap.movingcause.org/
à Mercearia do Sr. Hugo pelos maravilhosos “corações (instagram: _merceariadohugo) e à Ana Belchior Úria Duarte pelas favas incríveis. A Frutaria Radical, também se encontra aqui.

cara (ou) coroa
alusão a moeda de troca, de quem bem cozinha para quem precisa de bem comer.

as duas, naturalmente!
são ambas faces desta moeda, já que são fundamentais para esta iconomia.
um ciclo que se inicia na vontade de fazer e que se completa na necessidade de receber.
a abordagem que menos me interessa neste projecto – e em si mesmo como significado da palavra “iconomia” – é a sua disseminação nas actuais fórmulas de comunicação, as redes sociais, ainda que fundamentais para essa informação chegar a mais pessoas. e assim chegou este projecto a mais estes dois amigos, que partilham comigo a cozinha improvisada.
a política social e humana, mesclada numa fórmula artística muito pessoal, é no seu todo o que me impulsiona. aqui a cara é o indivíduo e como ele se organiza no panorama social; a coroa é o seu resultado.
boas caras trazem boas coroas, ou melhor, sorte, para não se confundir com a moeda.
comecei este projecto precisamente um mês depois de iniciar a minha quarentena, a 13 de Abril, portanto, cozinho dois tachos todas as quintas, o Gilberto juntou-se duas semanas depois, dois tachos todas as terças e agora o Ivo Teixeira – “sócio” para todos – todas as quartas no mesmo formato, a começar amanhã dia 20 de Maio. claro que mais boa gente se juntou, a Fernanda da Frutaria Radical que fornece legumes e fruta que já não tem valor comercial mas o seu valor nutricional está lá e não se transforma em desperdício! entre outras, como a Rita Diamonds, a Catarina Duarte e Miguel Rocha, a Joana Mieiro, a Carla Filipe a Guendalina Bianchi e as suas preocupações Biológicas, estas são as caras das coroas.

both, of course!
they are both sides of this coin, since they are fundamental to this iconomy.
a cycle that begins with the will to do and is completed with the need to receive.
the approach that interests me least in this project – and in itself as the meaning of the word “iconomy” – is its dissemination in the current formulas of communication, social networks, although fundamental for this information to reach more people. and so this project came to these two friends, who share with me the improvised kitchen.
social and human politics, mixed in a very personal artistic formula, is what drives me as a whole. here the face is the individual and how he is organized in the social panorama; the crown is your result.
good faces bring good crowns, or rather luck, not to be confused with the coin.
I started this project exactly one month after starting my quarantine, on April 13th, so I cook two pots every Thursday, Gilberto joined two weeks later, two pots every Tuesday and now Ivo Teixeira – “partner” for everyone – every Wednesday in the same format, starting tomorrow, May 20th. of course more good people have joined, who are really worth mentioning, and that I will soon join the crowns.


tacho às quintas – Paula Lopes

14.05.20
prato sem nome mas muito bem apessoado e resistente.
os produtos, são bons oriundos de varias fontes.
grande parte da Frutaria Radical, não comerciáveis e tão generosamente cedidos pela Fernanda.
os ovos biológicos da Casa do Aldo, trazidos gentilmente pela Guendalina que resgata os produtos biológicos que tem que ser consumidos. neste também está o apoio da Joana Mieiro, Rita Diamonds, Catarina Duarte, Miguel Rocha e da Carla Filipe que forneceu muitos produtos já a pensar nos próximos.
obrigada a todos!

unnamed dish but very personable and resistant.
the products are good from a variety of sources.
great part of Frutaria Radical, non-tradable and so generously provided by Fernanda.
the organic eggs from Casa do Aldo, brought gently by the Guendalina who rescues the biological products that have to be consumed. this also includes the support of Joana Mieiro, Rita Diamonds, Catarina Duarte, Miguel Rocha and Carla Filipe who provided many products already thinking about the next ones.
thank you all!

13.05.20 – matéria prima para os tachos

a matéria prima que me chega de inúmeras fontes, vêm com preocupações conscientes não somente de quantidade mas de qualidade. uma preocupação que vem sendo mais premente sobre o consumo diário individual, sendo esta já uma visível mudança.
Guendalina Bianci, co-autora com o Helder Sousa da Garfada d’ Ouro, vai participar neste projecto com a perspectiva de trazer produtos biológicos de produtores que serão referidos aqui mais tarde. ontem deixou-me 36 ovos biológicos que estavam em fim de prazo, que hoje o Gilberto Oliveira e a Mariana Moitas a sua linda ajudante desta semana, os vão usar no tacho às terças.
a qualidade, uma preocupação da Guendalina e da qual eu partilho, que para quem tem poucos recursos econômicos, precisa de uma boa base alimentar para não somente matar a fome mas ganhar resistências e imunidades necessárias para combater também esta precariedade salutar mundial.
com isto agradeço a duas lindas mulheres, que mais uma vez esta semana contribuíram com produtos caseiros tão bons! Joana Mieiro (favas, limões, feijão que já está de molho para amanha) e a Rita Diamonds (ervilhas tortas, couves, cebolas, salsa, oregãos frescos, e grão).
um especial agradecimento ao Manuel Pintor, o nosso querido contabilista, pela ajuda tão particular, que só um poeta e humanista sabe dar.

the raw material that comes to me from countless sources, comes with conscious concerns not only of quantity but of quality. a concern that has been more pressing about the daily consumption of each one, a possible and already visible change.
Guendalina Bianci, co-author with Helder Sousa da Garfada d ‘Ouro, will participate in this project with the perspective of bringing organic products from producers that will be mentioned here later. yesterday he left me 36 biological eggs that were on the deadline, which today Gilberto and Mariana Moitas, their beautiful helper, will use in the pot on Tuesdays.
quality, a concern of Guen and which I share, that for those who have few economic resources, needs a good food base to not only kill hunger, but to gain the necessary resistance and immunities to combat this also healthy precariousness worldwide.
with this I would like to thank two more beautiful girls, who once again this week contributed with more good homemade products! Joana Mieiro (broad beans, lemons, beans that are already soaked for tomorrow) and Rita Diamonds (peas, cabbages, onions, parsley, fresh oregano, and grain).

a special thanks to Manuel Pintor, our dear accountant, for the help so particular that only a poet and humanist can give.

tacho às quintas – Paula Lopes

07.05.20
Jardineira de costela mendinha e outros tantos
um prato rico, cheio de cor e sabor, quase todo ele feito de matéria prima não comercial provenientes da Frutaria Radical; batata, cebola, alho, pimento, tomate, courgettes, berinjela, feijão verde, folhas de beterraba, grão e gengibre. alheiras da Joana Mieiro, e as couves lilás e a salsa da Rita Diamonds.
a costela fui comprar ao talho local.

a rich dish full of color and flavor, almost made from non-commercial raw material from Frutaria Radical; potatoes, onions, garlic, peppers, tomatoes, courgettes, eggplant, green beans, beet leaves, grain and ginger.alheiras from joana Mieiro, and lilac sprouts and parsley from Rita Diamonds.
I went to buy the rib from the local butcher.

tacho às quintas – Paula Lopes

feijoada de cogumelos
30 abril – véspera do dia do trabalhador – 1 maio 2020
um prato rico para um maravilhoso descanso, sem carne.
cogumelos portobelo, tomates, cebolas, espinafres oferecidos pela Frutaria Radical; cenouras, batata, couve, feijão riscado; feijão preto; feijão branco, também da Frutaria Radical.
um muito obrigada desde já à Catarina Duarte, Miguel Rocha, Joana Mieiro pelas tão belas matérias primas para os próximos pratos.

mushroom’s feijoada
30 april – eve of labor day – 1 may 2020
a rich dish for a wonderful, meatless rest.
portobelo mushrooms, tomatoes, onions, spinach offered by the Frutaria Radical store; carrots, potatoes, cabbage, scratched beans; black bean; white beans, also from Frutaria Radical.
thank you very much to Catarina Duarte, Miguel Rocha, Joana Mieiro for the beautiful raw materials for the next dishes.

tacho às terças – Gilberto Oliveira

cozinha humanitária comum
a partir de hoje, a cozinha improvisada, que cada vez está mais completa, tem outros dias disponíveis para quem tem gosto pela cozinha e quiser ajudar.
hoje é o primeiro dia do meu amigo Gilberto Oliveira e da Marcia Alves.

common humanitarian kitchen
as of today, the improvised kitchen, which is becoming more and more complete, has other days available for those who have a taste for cooking and want to help.
today is the first day of my friend Gilberto Oliveira and Marcia Alves.


tacho ás quintas Paula Lopes

“Design em tempos de crise”, livro de Mário Moura editado pela Braço de Ferro, é uma peça singela e reveladora para estes tempos. encontrei-o na minha estante e pareceu-me pertinente usá-lo como exemplo para este projecto cincoiconomia tudo serve – design, gastronomia, política, sociologia – para chegarmos a um fim. uma nova ética de colaboração e melhor distribuição de recursos. neste caso, alimento! um bem necessário que para mim e metade da população mundial é tão fácil como respirar, para outros é um débil caminho para sobreviver.
quem quiser participar neste projecto, será muito bem vindo e agradecido pelas mais de 300 pessoas que procuram, de segunda a sexta, uma refeição quente na igreja do Marquês.
para já cozinho, uma vez por semana às quintas para mais ou menos 50 pessoas. o limite da capacidade do hotelier.

aceito matéria prima como: azeite, leguminosas secas, macarrão, entre outros
(a combinar dia e hora).

podem também oferecer o vosso trabalho na cozinha improvisada do hotelier, num outro dia da semana. é muito seguro, tem muito espaço e uma selecção de discos em vinil, escolhida praticamente pelo Carlos Milhazes nas minhas visitas à Matéria Prima.

um muito obrigada à Susana Paixão e à Associação Fogo Lento , que me emprestaram a única placa de indução da cozinha improvisada. ao Ricardo Lopes, que embarca em todas os meus barcos de madeira cheios de frestas, à Margarida e Jerminal que muitas vezes sopram a embarcação. à admirável Fernanda da Frutaria Radical que entrou logo no primeiro tacho.

“Design em tempos de crise”, a book by Mário Moura, published by Braço de Ferro,
is a simple and revealing piece for these times. I found it on my shelf and it seemed pertinent to use it as an example for this project five – iconomy everything serves – design, gastronomy, politics, sociology – to reach an end. a new ethics of collaboration and better distribution of resources.
in this case, food! a necessary good that for me and half the world’s population is as easy as breathing, for others it is a weak way to survive. whoever wants to participate in this project, will be very welcome and thanked by the more than 300 people who are looking for a hot meal in the Marquês church, from Monday to Friday.

I accept raw materials such as: olive oil, dried legumes, pasta, among others (to combine day and time).


you can also offer your work in the hotelier’s improvised kitchen on another day of the week. it is very safe, has a lot of space and a selection of vinyl records, practically chosen by Carlos Milhazes on my visits to Matéria Prima.

a big thanks to Susana Paixão and
Associação Fogo Lento, who lent me the only induction hob in the improvised kitchen. to Ricardo Lopes, who boards all my wooden boats full of cracks, to Margarida and Jerminal who often blow the boat. to admirable Fernanda da Frutaria Radical who entered the first pot.

23.04.20
feijoada à portuguesa


em tempo de liberdade, embora confinada, fiz algo mais substancial. usei partes do porco pouco nobres, como focinho, orelha, pezinhos e um pernil fumado para enriquecer o prato. da frutaria radical, veio couve coração, cenouras, pimentos e cebolas.

in time of freedom, although confined, I did something more substantial. i used parts of the pork that were not noble, like snout, ear, feet and a smoked ham to enrich the dish. from the frutaria radical shop came heart cabbage, carrots, peppers and onions.

16.04.20
caldeirada de bacalhau com grão e amigos


os amigos, gratuitamente fornecidos pela Fernanda da Frutaria Radical, são essencialmente produtos já não comercializáveis, (tomates, cebolas, cenouras, couve galega, ovos e broa de avintes para acompanhar) mas que com algum trabalho se retira boa parte da matéria fundamental para a execução deste colorido tacho. é por aqui que encontramos o principio da iconomia.
tudo o resto compro eu, na expectativa de mais tarde conseguir igualmente estas matérias por doações.

the friends, free of charge provided by Fernanda da Frutaria Radical, are essentially non-marketable products (tomatoes, onions, carrots, kale, eggs and broa de avintes to accompany) but which with some work removes a good part of the fundamental material for the execution of this colorful pot.
this is where we find the principle of iconomy.
I buy everything else, in the hope that later I will also obtain these materials through donations.



cada letra que escrevemos é 1 cêntimo que poupamos no brilho do écran.
each letter we write is 1 cent that we save on the brightness of the screen.

_

iconomia, é uma tentativa de gerar economia social participativa e partilhada, cedendo um pouco do que temos a mais, para que outros recebam o que têm de menos.
este projecto “iconomia” é um movimento circular entre o individual e o social:
os dois recaem sobre a perspectiva de pensar melhor sobre a reutilização e a economia de recursos, usando a criatividade para apresentar produtos que, a cada momento, satisfaçam necessidades que vão da gastronomia salutar e nutritiva até aos produtos de usabilidade individual.
ambos são solidários no sentido em que um apoia o outro, sem ordem definida – uns dão o que podem e recebem o que houver para receber, outros recebem o que podem e dão o que houver para dar.
há sempre algo para dar e para receber.

no sentido existencial do ovo e da galinha, começamos por um principio.
o hotelier estará para já a confeccionar uma refeição quente por semana, em articulação com a Paróquia do Marquês, que a distribuirá na sua cantina social.
nesse compromisso, o hotelier já conta com a ajuda de alguns, mas irá aceitar matéria prima e até mão de obra para que essas refeições possam vir a ser mais frequentes, pedindo assim mais apoio a quem pode dar. para já recebem o nosso profundo agradecimento e principalmente o de todos que dele aproveitam.
de futuro haveremos de poder dar algo igualmente salutar e nutritivo e receber por isso também.

iconomy, it is an attempt to generate a participatory and shared social economy, giving a little of what we have more, so that others receive what they have less. this “iconomy” project is a circular movement between the individual and the social: both fall under the perspective of thinking better about reuse and saving resources, using creativity to present products that, every moment, satisfy needs ranging from healthy and nutritious gastronomy to products of individual usability. both are supportive in the sense that one supports the other, in no defined order – some give what they can and receive what there is to receive, others receive what they can and give what there is to give. there is always something to give and to receive.

in the existential sense of the egg and the chicken, we start with a principle. the hotelier will already be preparing a hot meal a week, in conjunction with the Marquês Parish, which will distribute it in his social canteen. in this commitment, the hotelier already counts on the help of some, but will accept raw material and even labor so that these meals can become more frequent, thus asking for more support to those who can give. for now they receive our profound thanks and especially that of all who benefit from it. in the future, we will have to be able to give something equally healthy and nutritious and receive for it too.

definição pela infopedia:
https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa-aao/iconomia

bisscoito

bisscoito* de 9 de Abril de 2020
aveia + feijão manteiga + banana + nozes + amêndoas + tâmaras secas + alperces secos + marmelada de diospiro* + pão seco masseira + maçã assada + sementes + sal
*feito em casa com amor.

como o coito, o bisscoito
é diferente de coito para coito.
o bisscoito, não é bonito nem feio,
tem vezes mais mole,
outras mais dura,
não tem regras de estrutura,
mas faz bem à cura.

o bisscoito, partilha-se!
entre dois a oito,
depende de cada bisscoito

bisscoito é reutilizado e reutilizável,
basta humedecer e voltar a aquecer.

aceitam-se encomendas para futuras fornadas.

Agenda

04.05.20
FRUTA FEIA

15.03.20 17h
BREVEMENTE
NADA NA PISCINA 02#
ciclo de música improvisada
Peixe
Maria do Mar
Beatriz Rola
Rui Fonseca

19.01.20 16h
CONCERTOSNAPISCINA III
Yann Gourdon

05.01.20 17h
NADA NA PISCINA 01#
ciclo de música improvisada
João Almeida
Susana Santos Silva
Jorge Queijo
Pedro Melo Alves

21-22.12.19
BUSSACO APRESENTA
selecção natural

06.10.19
CONCERTOS NA PISCINA II
música electroacústica
DELMORE FX
LAGNO

17.08.19
CONCERTO NA PISCINA
musica improvisada
contradizer 33
Nuno Veiga
Jorge Queijo
Filipe Sousa

18.05.2019 – 08.06.2019
Pablo Jaar Sonnante

18.05.2019
O Q?

25.01.2019 – 02.03.2019
Vendo Apartamento